sexta-feira, 28 de novembro de 2008

PARCEIRA III - Zélia Duncan





Parceira tão fiel, tão humana, com uma simpatia e inteligência tão irresistível.
A conheci com "CATEDRAL" em 1995 e desde então não a larguei mais.
Das cantoras brasileiras, é a MAIS COMPLETA. Compositora e intérprete de mão cheia e, certamente, de mente mais aberta!
Breves "flashes" de nossa cumplicidade:

“Toda manhã nasci devagar só pra sentir você por aqui” Por Hoje É Só
“Perfeição demais me agita os instintos” Carne e Osso

“O coração na boca, antes da palavra louca que eu não digo, adoro te imaginar mesmo sem ter te visto” Coração na Boca

“E nada mais te prende aqui: dinheiro, grades ou palavras” Partir, Andar

“ Partir, andar, eis que chega. Não há como deter a alvorada. Pra dizer um bilhete sobre a mesa. Pra se mandar, o pé na estrada.” Partir, Andar

“Sexo é integração /Não é abuso /Não é serviço / Seu corpo forte e bonito / Não é só por isso /Pré-requisito /Pra minha satisfação” Sexo

“Um dia você me conta. Um dia você me apronta: um resumo do supra-sumo do seu prazer” Bom Pra Você

“Chega de “será que será”” Chega Disso

“Chega, se aconchega desse nada, chega desse cobre horário-nobre” Chega Disso

“ Os imorais sorriram pra nós. Fingiram trégua, fizeram média, venderam paz” Imorais

“Que o mundo gosta da beleza fácil / Do que é superprático / Banalidade rara / Superfície clara /Do que se vê logo de cara / E nunca se enxerga “ Beleza Fácil

“Eu sobrevivo e atinjo algum ponto. Eu me apronto pro dia seguinte, escovo os dentes, abro a porta da frente. Evito a foto sobre a mesa. E ninguem aqui vai notar, que eu jamais serei a mesma” Eu Me Acerto

“Pensei seduzir você, mostrando-me confiante” Por Que Eu Não Pensei Nisso Antes?

“Não, não me acalme. Com sílabas doces. Hoje eu quero o açoite das palavras rudes, pra que eu possa me defender, em atitudes” Depois do Perigo

“É meu código de acesso, é intensoreflexo é som é corÉ múltiplo, é convexo,é manso é sutil,sonho é sexoÉ uma linda canção de amor” Código de Acesso

“Me recolho e volto ao meu mundo. O que é só meu, tem que voltar pra mim” Inclemência

“Hoje eu vou brincar de ser criança e nessa dança, quero encontrar você, distraído, querido, perdido em muitos sorrisos, sem nenhuma razão de ser” Distração

“Sou sua ilusão de ótica palpável” Eu Não Sou Eu

“A cada milágrimas sai um milagre” Milágrimas

“Transfere pro meu corpo, teus sentidos, pra eu sentir. Entender por que, quero você” Sentidos

“Se volto pra mim, pouso na terra, e é macio saber, que já não me assusta, e “me gusta” voltar” Me Gusta

“Não me salvo por que não me acho, não me acalmo, por que não me vejo, percebo até mas desaconselho” Enquanto Durmo

“Silêncio pra te comover, música pra te alcançar, refrão pra te enternecer, e agora só falta você” Verbos Sujeitos

“Mas isso não é nem um desastre, pois nunca é tarde pra saber, que não há nada errado, só somos diferentes” Sortimento

“Te vejo e pareço louca. Sem memória. Sem historia. Até que alguma canção, algum cheiro ou expressão. Me faça te ver de novo. Mas é rápido, é quase pouco, nem dói nada. Nossa paixão congelada” Às Vezes Nunca

“Nem que eu contasse as ondas do ar, dia após dia. Descansaria as horas em mim” Por Hoje É Só

“Se você vai por muito tempo. Você nunca volta. Você retorna, você contorna, mas não tem volta” Não Tem Volta

“Você tirar você de letra nem que tenha que inventar, outra gramática” Vou Tirar Você Do Meu Dicionário

“O que eu procuro, o que eu rejeito, o que eu nunca vou recusar, tudo em mim quer me revelar” Me Revelar

“Me diga como você pode viver indo embora sem se despedaçar. Ou será, que você nem quer perceber, talvez você, seja feliz sem saber” Não Vá Ainda

“O que me separa de você agora, um avião um oceano, outros planos, e muitos enganos” O Meu Lugar

“Minha força não é bruta. Não sou freira nem sou puta” Pagu

“Tá cego mas tá guiando alguém” Pré-Pós-Tudo-Bossa-Band

“Desesperado pra ter paciência”

“Você é virtualmente amada amante. Você real é ainda mais tocante. Não há quem não se encante” Capitu

“A vida não tá certa nem errada. Aguarda apenas a nossa decisão” Tudo Ou Nada

‘Quem perdeé quem prega /Quem precisaé quem nega” A Diferença

“Desintegrados Éramos Nada Em Conjunto” A Companheira
“Certo É Errar” Por Hoje É Só


TH - Overdose de Zelião nesses momentos decisivos!

2 comentários:

MCI disse...

Caracoles!
Quantas pérolas numa taca só!
*.*

MIster Teles, o Musical disse...

Adorei este post! Afinal, amo ZD e sempre é bom ver outras pessoas apreciarem tb o trabalho dela!