quinta-feira, 27 de novembro de 2008

GUERRA DOMÉSTICA


As coisas definitivamente não soam fáceis...
Muito sentimento para uma só pessoa: ansiedade, perspectiva, felicidade - contrastando com medo, frustração, raiva...e protagonizando tudo isso, o peso de uma grande decisão a ser tomada.
A vida é muito difícil, e nos envereda para, caso for, um "adeus' momentâneo, não apenas às pessoas, mas às coisas e ao nosso cotidiano. Não é culpa de ninguém. Caso dos acasos da vida. Eu não sei se acredito no poder do livre arbítrio sempre; penso que há muita coisa escrita, que "tinha que ser". Peço encarecidamente que releiam a citação de Clarice explanada no post anterior para obterem a exata dimensão dos meus pensamentos de agora.
Vontade de "começar do início", do ponto de partida, sempre tive. Já sabendo de tudo o que iria zerar a partir de então...
Sou medroso! Sou covarde e pouquíssimo auto-confiante - características muito ruins pra quem quer se aventurar na nova empreitada, contudo, tenho uma grande virtude : sou perseguidor das minhas metas. Procurador dos meus anseios e pescador de meus sonhos!
Pena que, sobre a tal virtude, aqui em casa se faz pouquíssimo caso - quase nulidade absoluta. Sobretudo ela, com sua peculiar maneira de demonstrar o zelo pela cria. Sim, minha mãe não pega no meu pé por ser cética, realista demais ou preconceituosa...ela pega porque, no fundo, morre de medo de que eu me machuque, decepcione, frustre ou me sinta derrotado.
Nessas horas é preciso ter tanta paciência.
O impacto foi inevitável...
E pelo andar da carruagem, teremos muitas histórias aqui no ETHos para desfiar, pois a novela "Guerra Doméstica" só está apenas começando...
Guerra que, se possível, não gostaria de enfrentar, mas como disse um de meus pilares mais "sapiensábios", quando o sonho é maior......
Armas, escudos e coração a postos!


TH - 1 Dia!

Um comentário:

MCI disse...

Vou dizer novamente: a seu tempo, o contento. Acreditar é fundamental. Querer é imprescindível. Conseguir é consequência. Quando escolhemos um caminho, não faz sentido pensar no caminho que deixamos para trás com tanta preocupação. Há coisas que são eternas. Os corações onde cravastes sua bandeirinha continuarão a ser THeus! Leve essa certeza contigo! No mais, é força e coragem pra lutar!
=)