segunda-feira, 22 de junho de 2009

TH NEWS FLASHES XV [Pieces Of Pisces]


PISCIANOS!
Os seres mais dependentes do zodíaco. Do amor, da atenção, do zelo, do cuidado, de sua própria carência.
Como mais um representante deste último signo zodiacal, decidi hoje falar sobre o quanto minha natureza pode tanto me ser prejudicial como deliciosa, dependendo do momento.
Desde os primórdios eu travei essa relação de amor e ódio para com meu signo. Havia coisas que eu adorava - e adoro até hoje, como minha capacidade de viajar milênios ou quilômetros com minha super-bem-ativada imaginação. A capacidade de imaginar do pisciano é maravilhosa, mas o problema está nos (ou na falta de) limites. Nós nos perdemos...acabamos sempre escravizados de nossa natureza sonhadora e anti-realista. Buscamos tanto nos sonhos como na nossa imaginação um sentido maior para nossa ordinária vida, querendo sempre mais, mais e mais...e com isso chegamos meio que a perder nossa identidade.
Eu disse identidade? Não é verdade, Thomaz? Você certamente não é um pisciano, mas é criação fantabulosa de um, e sempre está comigo, pra todos os momentos. Você é a idealização da pessoa melhor que um pisciano aparentemente sem graça gostaria de ser.
Minha natureza sonhadora já me fez feliz, não pensem o contrário. Se eu não sonhasse ou idealizasse um futuro feliz no plano afetivo, hoje eu estaria incompleto. Sim, meus caros, existe também, em meio a tanta imobilidade e abstenção sonhadora um lado "perseguidor dos sonhos" que nossos representantes têm mais aflorado do que os demais. E eu, esse TH que vos fala, certamente é um dos que aprendeu a cultivá-lo e aflorá-lo.
Já um dos dissabores com o qual brigo dentre as características piscianas foi sempre colocar o outro na frente de nosso próprio bem estar. Por mais que necessitemos de mais atenção e cuidado do que os demais signos (atitude teoricamente egoista) somos capazes de nos anular incondicionalmente diante de quem amamos. É justamente contra isso que andei lutando ferrenhamente nesses últimos anos, pois percebia o quanto era infeliz por não me impor, não me posicionar diante do que eu quero. Andei tomando algumas atitudes mais egocêntricas achando que o caminho de ser um cidadão notado e digno de atenção fosse esse mas, como de costume, acabei me ferrando feio e quase fatalmente...Aprendizado garantido!
Que mais falar sobre nós? Sensibilidade, sacrifício, imaginação, sonhos, caridade, necessidade de atenção - telefonemas, mensagens de torpedo, depoimentos de Orkut, comentários de fotos no mesmo, percepção sobre um visual novo...Capacidade de engajamento em projetos em prol da comunidade (eu com minhas ONGS). Choros desesperados, lágrimas absortas, melancolia como um lado lindo da vida...É, somos nós. Lidar conosco é quase inconciliável por conta de nossa sensibilidade acentuada, mas quando se consegue, creia: seremos os melhores e maiores amigos e amantes do mundo!
Também temos a capacidade de acreditar que o amor pode operar milagres, sobretudo na maneira em como lidamos com o tema com outros representantes do zodíaco. O amor é o principal combustível dos sensíveis derradeiros zodiacais. Acreditem, pois essas são palavras certeiras e seguras de um duplamente pisciano (Signo e ascendente). Com tudo de bom e ruim, é meu signo de paixão e sim, tenho orgulho de ser PISCIANÍSSIMO!


TH - Estava devendo um texto sobre meu signo mesmo!

3 comentários:

MCI disse...

Tenho uma relação de amor e ódio com essa casa do zodíaco... Tanto os temo como os admiro. Mas sou 101% virginiano e acho que nasci na casa certa.
Pra controlar tanto devaneio e insanidade, só mesmo um turbilhão de lucidez e bom senso.

Tom disse...

Cansei só de ler... parece até que tô ouvindo "That Day"... hehehehe

Tom disse...

Agora acordei pra realidade... terei eu também uma relação de amor e ódio com este signo?