quinta-feira, 16 de outubro de 2008

UMA FOLGUINHA NO (CÃO)TIDIANO



Amar você é se reinventar diaramente
Reviver todo o frescor da volta às origens
É nunca perder a chama do espírito infantil
Esse espírito que nos é tão comum e ímpar

Amar você é também brincar
De levar assuntos de gente grande no bolso
Resolvê-los com sorriso brejeiro
Sem o peso duro dos caretas.

Amar você é como comer
morango com chocolate.
Nos lábios fica o gosto docinho.
No coração o desejo de quero mais.

Amar você é lembrar que a vida é difícil,
Mas que vale à pena ser vivida.
Se teu amor for meu somente!
E, DEUS, vale!

T.Henrick



TH - Só tendo tempo de vir aqui hoje!

Um comentário:

MCI disse...

*.*
Que coisa bonita!