quarta-feira, 8 de outubro de 2008

PORTO-SEGURO





Tão "desde-sempre"nossa cumplicidade...
Nós nos conhecemos há três anos apenas, no entanto, tenho a sensação que nossa amizade é muito mais antiga.
Verinha entrou na minha vida de uma maneira um pouco torta - se interessando por mim em termos afetivos...como nessa vida nós fomos inclinados a sermos amigos-irmãos, acabamos, ambos, lucrando demais com isso. Não deixa de ser amor o que sinto por ela: Vera Lúcia Calvão é minha cúmplice, minha parceira pra todos os momentos. Se há alguém que me conhece a fundo, nos meus maiores defeitos e nas mais tímidas qualidades, ela o é.
Uma mulher admirável, firme, que sabe cambalear e se reequilibrar, mantendo a pose sem desmoronar nem perder a classe! Dona de uma família de guerreiros, com direito a batalhas super árduas, com a coroação da vitória fazendo o orgulho valer a pena, Vera ainda encanta por todos seus "gifts" naturais - ela é uma dama deslumbrante, requisitada por nove a cada dez rapazes da sociedade alagoana, e ainda tem o direito e a prerrogativa de ser bem seletiva nos eleitos (er...nem sempre...rs).
Hoje é seu aniversário, e eu jamais deixaria de celebrar o quando ela me faz bem, o quanto ela advinha como eu estou pelo simples tom de voz aos nossos inúmeros telefonemas, ou ainda pela maneira como teclo no nosso sempre atual MSN. Juntos desde sempre: vimos amores indo e vindo, choramos, rimos, confidenciamos, sofremos perdas muito tristes, festas, baladas, bebedeiras, teatro, orla,reuniões básicas no Iglu (como eu chamo o quarto super gelado por conta do ar condicionado dela), fizemos "conversais" (Luais sem violão ou música - só guloseima, a lua e nós), piscinão de ramos (nossos quentíssimos encontros na praia, com toda a ralé....kk). Todo lugar com a presença desta linda se tornava palco de grandes risadas e alegria. Ampliamos demais nosso ciclo de amizade - eu apresentei gente minha e ela me presenteou com grandes pessoas também.
É difícil escolher alguma palavra bonita pra descrever o quanto essa garotinha significa pra mim. Acho que nenhuma bastaria...chega perto de uma jóia rara, que não tem como gastar ou perder o brilho. Ela é minha dádiva, eu não sei fazer nada sem ela, e de peito erguido, eu não vacilo em esconder: TE AMO!!!!

TH - Parabénssss, biscoito fino :p

2 comentários:

MCI disse...

Gente, Th...
Eu fico arrepiado com essas coisas!
Ainda AGORA, antes de passar por aqui, baixei as fotos que tavam na minha câmera para o computador e fiz um post para meus amigos no JFTR. Genteeeeeeeeeeeee!
Arrepiantes essas coisas!
Entro aqui e olha você com as fotos da querida, necessária, amada-idolatrada-salve-salve Vera!
Que coisa, hein?
A sintonia, a despeito de tudo, continua firme e forte!
Abraços!
Aos dois, claro!

=)

TH disse...

Pode crer, dearest...
Não subestimem a frequencia Dan-TH...rssss

Obrigado pelo comment
:)