sábado, 3 de maio de 2008

PRIMEIRA MÚSICA DO BLOG


Uma das características que já foram definidas para este blog é ter sempre músicas internacionais que me chamam atenção, que dizem muito de mim, ou simplesmente que quero colocar. No outro blog eu optei por músicas brasileiras desde o início, mas eu sentia muito a necessidade de investir em internacionais. Enquanto as nacionais sempre foram "explícitas", até um pouco "fofoqueirinhas" acerca do que eu sentia, fazendo as pessoas manjarem de cara o que eu queria passar, as internacionais, até pela inacessibilidade para muitos, acabam se tornando mais 'discretas", por assim dizer. Por exemplo, eu fiz curso de inglês, estou enferrujadíssimo e cometo gafes abissais inclusive, mas para mim é fácil interpretar o que determinados artistas deste idioma sentem pelas palavras. Eles traduzem-se diretamente, com poucas expressões "locais", bem diferente das letras brasileiras, onde se prioriza a 'linguagem aliteral", com direito a brincadeiras literário/sonoras com a a nossa língua, além do excesso de metáforas.

Vou começar essa nova viagem musical com uma das bandas que eu mais respeito e acompanho há muito tempo: o R.E.M. Tive o prazer de ouvir estes roqueiros americanos (ou melhor, estadunidenses...americanos todos nós somos;p) ainda quando criança, com os hits fáceis "Losing My Religion" e "Shiny Happy People", ambos de 1991. Anos mais tarde, comprei o disco que continha esses sucessos, o "Out Of Time", e acabei virando fã de carteirinha. Nunca tinha escutado alguém cantando com tanta emoção e falando alto ao coração como Michael Stipe, o vocalista. Virei um exímio fã, comprando todos os álbuns seguintes. Eles colecionam 'momentos-TH" e minha identificação com o grupo se verifica demais em todas as reportagens de revistas (sobretudo a SHOW BIZZ, a qual sempre assinei e tenho diversos exemplares aqui em casa), onde a cada declaração de qualquer membro, meu encanto se intensificava. O ápice foi uma entrevista na qual se questionava a sexualidade do vocalista. Stipe nunca foi tão feliz com sua declaração, de que gostava do termo "queer", por não abranger nem se limitar numa categora pré-determinada. As pessoas precisam de rótulos. Eu prefiro emoções.

Passado esse momento "rasgação", escolher uma música que representasse tantos anos de acompanhamento é uma tarefa ingrata. Nunca serei justo, por isso já antevejo que outras músicas do R.E.M. deverão rolar por essas bandas. Optei por "I'll Take The Rain" por ter sido protagonista de muitas passagens tristes de minha vida, afetivamente falando. Seduz-me fácil baladas com piano e violino, o que não falta ao R.E.M, uma melodia bem delineada com a voz doce e suave de Stipe. É a melhor faixa do álbum Reveal, de 2001, além de possuir um clipe super fofinho e melancólico, com um cachorrinho-rei representando tudo o que eu estava sentindo na época dessa música. Eu me sentia estranho...e satisfatoriamente triste ;)



I'll Take The Rain
Micheal Stipe

The rain came down
The rain came down
The rain came down on me
The wind blew strongand
Summer's songit fades to memory.

I knew you when
I loved you then
in Summer's yawn, now hopeless.
You laid me bare
and marked me there
the promises we made.

I used to think, as birds take wing,
they sing through life,
so why can't we?
We cling to this, and claim the bestif this is what you're offering
I'll take the rain, I'll take the rain.

The nighttime creases
Summer schemes
and stretches out to stay
The sun shines down
you came around
you loved the easy days.

But now the sun
the Winter's come
I wanted just to say
That if I hold
I'd hoped you'd fold
and open up inside, inside of me.

This Winter's song
I'll sing along
I've searched its still
refrain.I'll walk alone
if given this
take wing, and celebrate the rain.


TH - Prazerosamente melancólico!

3 comentários:

Lucca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucca disse...

So glad that you´ve decided to talk also about internacional songs! Music is bigger than a language, a nationality, a band, a singer... It´s all about FEELING IT.
Congratulations, man.
Good luck on your new trip!

Paulo R. F. Braccini disse...

parabéns começou muito bem... mas isto não é novidade em se tratando do amigo TH né? amo esta canção a qto tempo não ouvia... o clip é lindo... sucesso amigo...