segunda-feira, 25 de agosto de 2008

O PRIMEIRO GAROTO NA LUA



Ele foi o primeiro garoto na lua
E ele não se comprometia...
Quando pegou aquela tarde fria
Apontando para os céus do norte.
Eu lhe disse que eu poderia ir.
Que eu poderia ir junto.

Ele foi o primeiro garoto na lua
Eu acho que ela era sua única amiga
Ele trouxe sua arma de raio, um velho arpão
Só em casos de acidentes.
Eu lhe disse que eu poderia ir
Que eu poderia ir junto
Mas ele não me deixou vir
Um aceno de despedida
Um aceno de despedida...

Ele foi o primeiro garoto na lua
Ficando alto, com uma bandeira na mão.
Ele olhou em volta, fazendo zumbir uma nota
A música mais estranha conhecida pelo homem.
Eu lhe disse que poderia ir
Que eu poderia ir junto
Mas ele nunca me deixou vir
Um aceno de despedida
Um aceno de despedida...


TH - L.P. again

2 comentários:

RRJunior disse...

Domingo. Doença nas minhas lágrimas. Segunda-feira de manhã eu podia ter me sentido muito melhor./ Terça-feira. Você está no meu caminho. Eu queria que você digitasse meu coração em uma carta. / Coloque seu amor em meu mundo. É para você. É feito para você. Preciso de tempo. De muito tempo para tirar você de minha mente. Tirar você de minha mente. / Quarta-feira. Nada está OK. Quinta-feira à tarde eu queria estar dormindo. O sol de sexta-feira e sábado levantando cedo, mas eu não posso deixar nada sem fazer. / Coloque seu amor em meu mundo. É para você. É todo feito para você. Preciso de tempo. De muito tempo para tirar você de minha mente. Para tirar você de minha mente. / Talvez você virá aqui. Talvez você desaparecerá. Talvez as nuvens que temo se transformarão em flores no ar. Essas vibrações refrescantes. Elas estão batendo em mim a todo instante. Você me pegou cavando e mergulhando no jardim da minha mente. / Coloque seu amor... / Está alto para observar você voar. Cruzar o céu toda hora. Para te observar toda hora.

Adivinhe se puder... Hehehe

Lucca disse...

Fazia tempo não via...
Fazia tempo.
Fazia parte do trato.
Hoje, no entanto, vim.
Hoje, no entanto...
Acabei encontrando.
Sim, encontrando.
Tá aqui o ESPELHO.
Estão aqui as palavras.
Algo só não está aqui...
Meu Deus, o quê?
O quê, Deus?

=(